nov 12, 2013
staff

Release Ilha de Páscoa

Fotos:www.rapanuiphotos.com

Em breve todas as informações e experiências vividas na ilha estarão aqui, por enquanto, divulgamos o release oficial da expedição para dar uma prévia deste lugar incrível e tão especial

RELEASE

Com o Projeto SUPtravessias, Roberta Borsari explora as belezas da Ilha de Páscoa
Aventureira percorreu o mar do Pacífico na remada, experiência eleita como a mais desafiadora de sua carreira

A atleta Roberta Borsari acaba de voltar da fascinante Ilha de Páscoa, o lugar mais isolado do mundo, onde esteve entre 26 de outubro e 2 de novembro. A brasileira, que já desbravou os mares de destinos como Galápagos, Maldivas e Alcatrazes, define a viagem como uma das mais importantes e desafiadoras do Projeto SUPtravessias – que visa registrar, pela ótica do stand up paddle (SUP), as belezas naturais, as curiosidades, a história e a cultura das mais diversas ilhas do Brasil e do mundo.

“Tudo é muito intenso na Ilha de Páscoa. Por ser a ilha habitada mais afastada de todos os continentes, a força da natureza é muito impressionante. O vento, as ondas e as correntes marítimas são fortíssimos”, explica Borsari. Não à toa, foi lá, no mar do Pacífico, que experimentou uma das remadas mais difíceis de sua vida: a travessia até a ilha de Motu Nui, palco da competição conhecida como “Homem Pássaro”, que definia o líder da ilha entre os guerreiros locais – vencia aquele que capturasse o primeiro ovo de uma famosa ave da região, depois de encarar desafios como o penhasco do vulcão Rano Kau e nadar por águas infestadas por tubarões.

Durante o período que passou neste lugar sagrado, Roberta Borsari não só remou, mas também surfou de SUP por praias paradisíacas – formadas por águas cristalinas de cor azul turquesa, em contraste com as escuras rochas vulcânicas – e praticou trekking no vulcão Rano Raraku, conhecido como “fábrica de moais”, pois ali os nativos esculpiam as estátuas que são o maior símbolo da cultura Rapa Nui. “A visita à Ilha de Páscoa é uma experiência única para qualquer pessoa que seja ligada ao mar. Estar em contato com a cultura e toda a força espiritual dos guerreiros polinésios e ainda ter a chance de praticar SUP em algumas das paisagens mais bonitas que já vi foi realmente inesquecível”, afirma a aventureira.

Borsari ressalta ainda que “os aprendizados desta viagem foram muito além do esporte”, já que pôde se aprofundar na história da ilha, ao visitar os sítios arqueológicos, e também conhecer de perto os costumes e a cultura da população local, como a música, a dança e a gastronomia, além de outras particularidades – a exemplo da pesca com pedras, atividade que só acontece na Ilha de Páscoa.

Com mais de 15 anos de carreira, Roberta Borsari coleciona títulos e conquistas: foi a primeira mulher no mundo a surfar a Pororoca Amazônica de caiaque e a primeira atleta a realizar a travessia de stand up paddle em mar aberto em Alcatrazes – quando percorreu 40 quilômetros da Barra do Sahy até o arquipélago. Borsari também é pioneira na canoagem nacional e idealizadora do Projeto SUPtravessias. Mais informações: www.robertaborsari.com

Deixe um comentário

espn - programa planeta expn

Planeta EXPN - 2011

woohoo - programa na cola

woohoo - programa na cola

revista náutica

Em breve




SUP com golfinhos






UOL

Mormaii Saúde

Board House

Surf Travel

Rádio Eldorado

Radical Life

Rios Montanhas